8 de maio de 2009

Quero... mas não posso!


Quero ser eu quem nunca conheci
Quero viver como nunca vivi
Quero acordar como nunca acordei
Quero sonhar o que nunca sonhei

Planear o que nunca planeei
Dar-te aquilo que nunca te darei
Transgredir o que nunca transgredi
A toda a hora lembrar-me de ti...

Como posso eu ser o que não sou?
Fugir daquilo que alguém me inventou
Mascarar-me pra me esconder de mim!

Como posso então eu viver assim?
Como posso eu a isto pôr um fim?
Em que ser estúpido alguém me tornou?

ASS: Diferente

7 Comentários:

Blogger Rabisco disse...

Como, não sei...
Sei que procuro tentar encontrar um resposta para isso já há algum tempo...
Sei que um dia a encontrarei e não muito longe, dentro de mim.

Bonito poema!

Abraço grande

8 de maio de 2009 às 14:14  
Blogger Francisco Vieira disse...

Retrataste-me nesse poema amigo. Como que se me tirasses a radiografia.
Eu que so "estou bem onde nao estou e que so quero ir onde nao vou"...o eterno inconformado.

Um abraco de parabens por mais esse "filho"

8 de maio de 2009 às 14:26  
Blogger Francisco Vieira disse...

ps: Poder, podes!
Tens que ver se realmente queres. O querer tem todo o poder do universo...nunca te esquecas que nao vivemos 1000 anos. Isto passa a correr...

8 de maio de 2009 às 14:31  
Blogger Ademerson Novais disse...

Hoje...nesse dia frio e nublado que se estende lá fora acordei assim...revolto nessas palavras aqui escritas...cobertas por estas perguntas suas...hoje acodei assim...com um ar gelado lá fora..e eu com um frio dentro de mim...



Ademerson Novais de Andrade

10 de maio de 2009 às 19:18  
Blogger Osvaldo disse...

Caro amigo;
Quando se quer,... pode-se.

Por vezes leva um pouco mais de tempo, ma sempre se chega lá.
Como diz o povo,. Querer é Poder, e qundo se quer, tem-se.

Um abraço e obrigado pelo belo poema.
Osvaldo

10 de maio de 2009 às 23:18  
Blogger Daniel Silva (Lobinho) disse...

Parece que andamos muito parecidos no sentir...

12 de maio de 2009 às 21:51  
Blogger Mena disse...

Quero ser eu quem nunca conheci
Quero viver como nunca vivi
Quero acordar como nunca acordei
Quero sonhar o que nunca sonhei

Planear o que nunca planeei
Dar-te aquilo que nunca te darei
Transgredir o que nunca transgredi
A toda a hora lembrar-me de ti...

:::::::::::::::::::::::::::::::::
Faço minhas as tuas palavras...
Quem me dera poder viver mais um pouco, sonhar,e concretizar.
Mas tudo sai mal!!!
Quando o melhor que a vida nos dá está a faltar... saúde.
Se A tens aproveita POIS É O QUE CONTA.
BEIJINHO
MENA

13 de maio de 2009 às 00:27  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial