8 de dezembro de 2009

Fechado dentro de mim...


Fechado dentro de mim estou feliz
Suspirando pela tua chegada.
Paciência é algo que o sábio diz
Triste estou esperando a minha amada!

Em ti minha alma está aprisionada
Envolvido estou neste chamariz
Mais vivo pela memória recordada,
Sobre este encanto que me contradiz…

Educo o meu corpo pra saber viver
Tento iludir-me com todo este encanto
Tua demora faz-me estremecer!

Por vezes, vejo-me envolvido em pranto!
Confesso, peço a Deus para morrer,
Pois a tua ausência dói-me tanto!

ASS: Diferente

11 Comentários:

Blogger Sonhadora disse...

Diferente
Belo
Triste
Adorei
Beijinhos
Sonhadora

9 de dezembro de 2009 às 01:33  
Blogger Sonia Schmorantz disse...

Um lindo poema triste, que de tão triste fez-se belo!
abraço

9 de dezembro de 2009 às 04:19  
Blogger direitinho disse...

...Educo meu corpo para saber viver....
Poema bonito bem construído e bem conseguido.
As ausências e as saudades marcam sempre um compasso de sofrimento que os desejos transformam.

9 de dezembro de 2009 às 06:29  
Blogger rosa-branca disse...

Tu não sabes ser ruim
És noite, talvez o dia
Fechada dentro de mim
Eu te faço companhia.

Lindo poema. Beijos

9 de dezembro de 2009 às 15:56  
Blogger Graça Pereira disse...

Pois a tua ausência dói-me tanto...
Quem ama é duro esperar...os minutos tornam-se anos, o pranto não alivia e já só se pede a morte! Mais um soneto maravilhoso.
Quemais esperar de ti?
Um beijo
Graça

9 de dezembro de 2009 às 19:35  
Blogger Eduardo Santos disse...

Olá caro amigo. Foi um prazer visitar seu espaço. O trabalho é muito interessante. Tive oprtunidade de percorrer grande parte do sítio, sinceramente gostei. Os seus poemas são singelos, mas consistentes, com sentido apurado. Agradecido pelo ensejo de conhecer este cantinho e um "até breve".

9 de dezembro de 2009 às 22:29  
Blogger Gleidston disse...

Belo poema, introspectivo, forte.

Parabéns.

Abraço.

10 de dezembro de 2009 às 13:15  
Blogger Graça Pereira disse...

Feliz Natal e um 2010 completamente...NOVO!!
Um beijo
Graça

19 de dezembro de 2009 às 19:16  
Blogger Confesso disse...

A ausência machuca, dói muito... A espera caso seja finda, valerá a pena...

Passando para desejar-lhe um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de grandes realizações.

Beijos Confessos...

22 de dezembro de 2009 às 12:31  
Blogger Francisco Vieira disse...

Maravilhoso! O amor e assim...

Um bom Natal para ti

Aquele abraco

24 de dezembro de 2009 às 00:48  
Blogger Silvana Nunes .'. disse...

Olá, boa tarde.
Sou professora, pesquisadora e contadora de histórias.Vivo de blog em blog angariando leitores e tentando divulgar o meu pelo simples fato de perpetuar a história de meu país - tenho medo que ela seja engolida por toda essa globalização.
Se gostar de meu esdpaço e achar minha proposta coerente, por favor SIGA-ME nesta luta por um mundo melhor.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está convidando para conhecer uma lenda bastante contemporânea - a do pássaro-cabeça-de-vento.
É só clicar no link http://www.silnunesprof.blogspot.com que você chega até lá rapidamente.
Gostaria que tivesse um pouquinho mais de paciência comigo, estou com alguns probleminhas para resolver: preciso de um novo exame de vista e de um monitor novo, o meu está meio embaçado, já tentei regular, mas o problema está com ele mesmo, tenho de comprar outro. E agora não me encontro em condições disso - só eu sei o sacrifício que faço para postar as histórias.
Se já passei por aqui, mil perdões. Como disse, a falta dos meus óculos e esse monitor com problemas não me deixam enxergar direito.
Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
A PAZ .
Saudações Florestais !

15 de janeiro de 2010 às 21:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial