14 de junho de 2010

Tu...


Nua estavas tu deitada em meu leito,
Ao ver-te assim meu corpo estremeceu
Tentei de manso encostar-te meu peito
Gemeste e aí meu fogo arrefeceu.

Porém o desejo me enlouqueceu,
Sem permissão, beijei-te a meu jeito
Senti tua alma que agradeceu
Grande momento este, tão perfeito!

Teus seios toquei eu com os meus dedos
Confesso, entusiasmado me senti
De acordar-te, alertaram-me meus medos

Beijei-os de leve, não resisti
Ao venerar-te soltei eu meus segredos,
No paraíso eu adormeci!

ASS: Diferente

14 Comentários:

Blogger direitinho disse...

Perfeitas emoções.Rios que regam o corpo e aquecem a alma em turbilhões de sensações .

14 de junho de 2010 às 20:31  
Anonymous Anónimo disse...

Ninguém se desnuda no acto da criação literária.Há que estar atento ao polimorfismo da máscara e do disfarce.Mas este poema do mais puro lirismo vem mesmo dos longes e dos arcanos da alma apesar do soneto se configurar sempre como um espartilho à expressão do que nos vai na alma.Parabéns. Continue.António

16 de junho de 2010 às 18:21  
Blogger Graça Pereira disse...

Há quanto tempo...Encontro este soneto pleno de lirismo e amor...Lindo!
No Zambeziana há o São João do Porto...vens saltar á fogueira?
Beijo
Graça

22 de junho de 2010 às 20:15  
Blogger ParadoXos disse...

um lugar Diferente...
sem dúvida!


abraços

16 de setembro de 2010 às 18:23  
Anonymous aida disse...

Muito intenso!parabéns...
um abraço.

28 de setembro de 2010 às 21:29  
Blogger Francisco Vieira disse...

Grande Soneto, caro poeta!

Magnifico...

4 de outubro de 2010 às 18:56  
Anonymous AnjoN. disse...

. . . ao ler o comentário . . .

De veras meus olhos se encheram de lágrimas

Suas palavras são fantásticas . . .

E quero desde já agradecer todo o “apoio”

Por vezes existe um dia, uma hora, um minuto, ou apenas segundos em que desligo de tudo o que me rodeia, e penso no que me espera, e nas maiores loucuras que poderia fazer se não tivesse alguém que me impedisse…

Mas felizmente ou infelizmente isso acontece

Um enorme obrigado por tudo

Para um diferente 5*

Até breve

A.N.

6 de outubro de 2010 às 16:40  
Blogger Graça Pereira disse...

Espero que esteja tudo bem contigo... Passou meio ano desde o teu último post e...chegou o Natal! Boas Festas de Natal e um Ano Novo onde seja possível a realização de todos os teus sonhos.
Beijo
Graça

8 de dezembro de 2010 às 15:26  
Blogger Amapola disse...

Boa tarde.
Lindo o seu poema. Um pouco velado... muito sensual!

Um grande abraço.
Feliz Natal. Que seus sonhos sejam realizados.

Estou lhe seguindo.

20 de dezembro de 2010 às 14:05  
Blogger Francisco Vieira disse...

Festas Felizes, meu caro

25 de dezembro de 2010 às 20:00  
Blogger rosa-branca disse...

Lindo soneto meu amigo. Passei para desejar um feliz 2011 com muita saúde e muito amor. Beijos com carinho

30 de dezembro de 2010 às 23:54  
Blogger girlsexy disse...

hi ! friend could we exchange link together?,hope it will be good if we can do here is mine:

http://cambodiantoday.blogspot.com/
thank for your kindness

29 de janeiro de 2011 às 08:58  
Blogger Remo disse...

Uma percepção e uma verdade elogiadoras, parabéns!
Estarei te seguindo

21 de fevereiro de 2011 às 12:57  
Blogger rosa-branca disse...

Passei para saber se está tudo bem contigo. Espero que sim...volta deves ter mais sonetos para postar...adoro o que escreves. Beijos com carinho

21 de março de 2011 às 20:59  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial